Linhaça e chia: as sementes da saúde e do bem estar

Thumb Linhaça e chia: as sementes da saúde e do bem estar

Conheça os benefícios e qual a melhor forma de consumo da chia e da linhaça.

Elas são pequenas no tamanho, mas possuem um enorme potencial de trazer bem estar ao organismo. Repletas de nutrientes as sementes vêm ganhando cada vez mais espaço na dieta do brasileiro. Chia e linhaça são dois exemplos dessas grandes aliadas da saúde.

linhaça possui um conteúdo elevado de ômega-3, fibras, proteínas de qualidade e fitoestrógenos. Esses compostos proporcionam proteção contra o câncer, problemas cardíacos e inflamatórios crônicos, melhoram o perfil lipídico (colesterol e triglicérides), facilitam o trânsito intestinal e garantem a obtenção de proteínas essenciais que nosso organismo tanto precisa. Além disso, a linhaça oferece fósforo e magnésio, trazendo benefícios para os ossos, o sistema nervoso e os músculos

chia também é ótima fonte de ômega-3 e tem um enorme potencial antioxidante. Aumenta a saciedade e auxilia no controle de diversos problemas como diabetes, colesterol, pressão alta, depressão, ansiedade, entre outros.

Sabendo de todos esses benefícios, é provável que você queira incluir agora mesmo essas sementes tão poderosas em sua dieta. Você pode encontrar a linhaça nas versões dourada ou marrom e pode consumir qualquer uma delas, pois nutricionalmente elas são muito parecidas. Contudo, para melhorar a absorção e garantir o melhor proveito dos nutrientes, é melhor consumi-la triturada. Com relação à chia, é importante hidratá-la de um dia para o outro antes do seu consumo (1 colher de sopa da semente para meia xícara de água filtrada).

Entenda por que o potássio é importante para a sua saúde

O corpo humano necessita de vários minerais para se nutrir e funcionar de forma saudável. Manter o uso deles numa dieta equilibrada traz bons resultados para a saúde física e mental. Dentre os mineiras existentes há o potássio que contribui bastante para a sua saúde e para quem está de dieta.

O potássio se aloja nos eletrólitos do corpo e ajuda o corpo a crescer. Sua função também ajuda a cumprir outras funções como regular a atividade neuromuscular, regular a pressão sanguínea, manter o equilíbrio ácido-base e o equilíbrio eletrolítico, ativar certas enzimas, metabolizar carboidratos, produzir proteínas e prevenir doenças.

Dentre os alimentos ricos em potássio estão: a cenoura, a abobora, o melão, a melancia, a uva-passa, carne branca como o frango, por exemplo, peixes azuis que recebem os nomes de Truta, Atum, Arenque, Carpa e Cavala.

São muitos os alimentos que contém o mineral e que podem ser inseridos normalmente à dieta. No entanto, é preciso tomar cuidado e não exagerar no seu consumo, pois a falta ou o excesso de potássio no organismo podem trazer malefícios à saúde ao invés de benefícios.

A deficiência de potássio no sangue pode gerar uma doença chamada hipocalemia. O paciente apresenta os seguintes sintomas: fadiga, fraqueza muscular, cólicas e diminuição de reflexos. Já as pessoas com o excesso do mineral no sangue pode apresentar a hipercalemia cujos sintomas são: fraqueza, náuseas e vômitos, falhas respiratórias, problemas cardiovasculares e neuromusculares.

É preciso ir ao médico e fazer exames de sangue para ser diagnosticado ou não com essas doenças e fazer o tratamento adequado para cada caso.

Fonte:http://www.1news.com.br/noticia/483668/variedades/linhaca-e-chia-as-sementes-da-saude-e-do-bem-estar-12122017

Envie seu comentário:

Você também pode gostar: