Comportamento de seu cachorro de filhote até a vida adulta

Thumb Comportamento de seu cachorro de filhote até a vida adulta

Comportamento de seu cachorro de filhote até a vida adulta

Ter um cachorro em casa é sinônimo de muitas alegrias e brincadeiras! Com um simples olhar ele é capaz de mudar o seu humor, até mesmo seu dia!

Entretanto, existem diversos comportamentos que podem ser prejudiciais para a rotina da casa, ou até mesmo para a saúde e devem ser controlados.

 

Como lidar com o filhote:

 

 

 

Atenção! Essa é a fase onde de fato ensinamos o cachorro o que pode ser feito e o que não pode.

  • Quando começar a nascer os dentes eles podem querer morder tudo, desde o seu chinelo, seu sofá e até mesmo sua canela. Esse comportamento na infância é considerado normal, pois os dentes coçam muito quando estão nascendo. Dependendo do cachorro, um simples brinquedo para ele morder pode resolver a situação.
  • Ensine o seu cachorro nessa fase, pois depois na vida adulta é mais difícil, além de trazer problemas para você e para a organização da sua casa.

 

Como lidar com o cachorro adulto:

 

 

Quando se fala de cães adultos, principalmente os machos, o que vai com certeza te incomodar é a marcação de território. Fique atento:

  • Ao atingir a maturidade sexual o cachorro vai sentir a necessidade de urinar em todos os cantos que ele achar necessário, principalmente se o macho viver perto de fêmeas.
  • Procure sempre levar o seu pet para passear, e assim, quem sabe, ele pode se adaptar a fazer as necessidades na rua.
  • É possível controlar o cão até determinado ponto, mas a única forma de resolver esse problema completamente é com a castração.

 

Curiosidades sobre o comportamento dos cachorros geriátricos

 

 

Procure sempre se informar sobre o que fazer quando o seu cachorro envelhecer. Um cão é considerado idoso, normalmente a partir dos sete anos de idade, mas pode variar de raça para raça. Fique atento:

  • Ao chegar nessa idade o cachorro pode desenvolver determinados comportamentos que são ruins para nós.
  • Ele pode urinar mais vezes ao dia e nem sempre consegue segurar para fazer no local adequado, que ele fez a vida toda. Vale o mesmo para as fezes.
  • Psicologicamente ele pode ficar mais frágil, desenvolvendo ansiedade por ficar muitas horas sozinhos, podendo ter comportamentos mais agressivos.
  • <!– LOMADEE – BEGIN –>
    <script src=”//ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=36033725&dimension=6&height=600&width=300&method=0″ type=”text/javascript” language=”javascript”></script>
    <!– LOMADEE – END –>

Envie seu comentário:

Você também pode gostar: