A cura para a diabetes pode estar em uma planta comum-carqueja

Thumb A cura para a diabetes pode estar em uma planta comum-carqueja

A cura para a diabetes pode está na carqueja, também chamada de carqueja amargosa

É isso mesmo! Saiba mais sobre a carqueja logo abaixo:

Usos da planta

A carqueja é uma erva, de nome científico baccharis trimera, que pode ser feito chá, e é de fácil cultivo, precisando de um lugar ensolarado e com pouca rega. Você pode tê-la em casa, em um vaso pequeno, sem se preocupar, pois ela não vai dar muito trabalho

Ela é muito usada na culinária, usada para dar sabor silvestre aos pratos. Como paisagismo,  tanto em ambientes internos quanto externos. E também já foi usada como ração para o gado em épocas de temperatura fria, mas se perdeu o costume dessa prática nos tempos atuais.

 

 

Uso medicinal

 

O que nos interessa aqui é o seu uso medicinal. A Carqueja é muito utilizada para vários doenças que atacam o nosso organismo, mas temos em destaque o seu uso principal: tratar a diabetes.

A carqueja age como um hipoglicemiante, ou seja, ela diminuiu as taxas de glicemia, que são açúcares do sangue. Desse modo, ela pode combater a diabetes, podendo até alcançar a cura.

Sendo mais específico, a carqueja impede a absorção do açúcar no tubo digestivo, diminuindo a taxa glicêmica.

Ela pode ser consumida principalmente como chá, mas também  tinturas, que é o processo de fazer um extrato deixando a planta mergulhada no álcool por um determinado período de tempo.

 

 

Receita do chá de Carqueja

Não tem segredo em fazer um chá de carqueja, que pode ser consumido diariamente.

  • 1- Você irá precisar de 1 ½ colher de chá de carqueja, que são 2,5 g de carqueja a cada 150 ml de água.
  • 2- Depois, deverá colocar a água para esquentar e assim que ela atingir o ponto de fervura, desligue e coloque a carqueja, abafe e deixe-a em infusão por alguns minutos.

Tem um gosto muito amargo, mas é apenas uma questão de se acostumar com o gosto. Siga a receita e pronto, é só beber!

Este é um blog de notícias  não substitui o tratamento de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Envie seu comentário:

Você também pode gostar: